RetrôMania lança terceira camisa retrô em parceria com o EC Vitória e ex-jogador Bebeto

Camisa Vitória 1997 - RetroMania

Em dezembro de 2016, a RetrôMania anunciou seus dois primeiros modelos de retrôs do Esporte Clube Vitória. As camisas de 1908 e 1961 fizeram tanto sucesso que levaram a marca a ampliar a linha retrô do clube Rubro-Negro. O novo modelo faz referência ao uniforme utilizado em 1997.

Aldo Viale, um dos sócios fundadores da marca, explica a escolha do modelo: “Além de completar exatos 20 anos, entendemos que foi um ano especial para o Vitória. Ganharam o estadual e a Copa do Nordeste e contaram com a presença do craque Bebeto, campeão mundial revelado pelo clube”.

EC Vitória - Tricampeão baiano 1997

Segundo Viale, a parceria com o clube vem sendo um sucesso. “Lançamos os dois primeiros modelos próximo ao natal do ano passado e eles foram muito bem aceitos pela torcida. Desde então estamos trabalhando neste terceiro modelo, que é diferente de todos os outros modelos da RetrôMania”. A diferença citada pelo empresário refere-se aos detalhes trabalhados em silk, que deixaram a peça muito semelhante a utilizada pelo clube 20 anos atrás.

Camisa Retrô do Vitória 1997

O modelo também é licenciado pelo ex-jogador Bebeto e leva sua assinatura no lado aposto ao do escudo. Os torcedores e colecionadores encontram a camisa a venda no site da RetrôMania (www.retromania.com.br) e também nas lojas oficiais do clube.

Confira abaixo o vídeo que o ex-jogador Bebeto gravou usando sua camisa retrô.

Relembrando o Vitória de 1997: naquele ano o Vitória vinha de dois títulos estaduais seguidos e contratou o atacante Bebeto para buscar o tricampeonato. O jogador, campeão mundial, finalmente retornava ao clube que o revelou para o futebol em 1982.

O clube não só conquistou o tricampeonato, como também venceu a Copa do Nordeste, derrotando nas duas finais o seu maior rival, para a festa da torcida rubro-negra.

Não foi apenas o ano de Bebeto no Vitória. Em 1997, o Leão da Barra contou com o atacante Túlio Maravilha, três vezes artilheiro do Campeonato Brasileiro, e também com o meia sérvio Dejan Petkovic, que permaneceu no clube por dois anos e virou ídolo da torcida rubro-negra.

Túlio e Bebeto no Vitória em 1997

Compartilhe:

Deixe seu comentário!