#EuLevariaPraCopa: Jogadores Brasileiros que não foram Convocados (mas mereciam)

ogadores Brasileiros que não foram Convocados

Um país repleto de craques, como é o caso do Brasil, por muitas vezes resulta em injustiças na hora de decidir quem vai e quem não vai para uma Copa do Mundo. Alguns grandes atletas já ficaram fora de mundiais que eram dados como certos, e outros não chegaram a disputar nenhuma Copa por opção dos treinadores.

Infelizmente, apenas 23 são oficialmente convocados para defender o Brasil na Copa, e muita gente boa já ficou de fora por conta disso. Nós resolvemos trazer para você alguns jogadores do passado que #EuLevariaPraCopa, e montamos a nossa seleção de craques injustiçados do futebol brasileiro.

LEÃO – 1982

Leão – Goleiro da Seleção Brasileira

 

Leão é provavelmente um dos injustiçados mais comentados no futebol brasileiro. Em 1981 tinha sido campeão brasileiro com o Grêmio, vivia uma das suas melhores fases no futebol, mas mesmo assim acabou ficando fora da Copa por causa de uma rivalidade declarada com o técnico Telê Santana.

RILDO – 1970

Rildo – Jogador da Seleção Brasileira

Mesmo sendo a seleção do Tri, em 1970 houveram alguns jogadores que mereciam muito ter participado da Copa e acabaram ficando de fora da lista final. Rildo foi um deles, o zagueiro tinha sido titular absoluto ao  lado de Pelé, aí veio uma contusão extracampo. Falaram que ele tinha problemas cardíacos e o deixaram fora do Mundial.

CLÉBER – 1994

Cléber – Jogador da Seleção Brasileira

A Copa de 1994 ficou marcada pela ausência de atletas do Palmeiras, clube que era a potência nacional da época, tendo vencido os brasileiros de 93 e 94. Um deles era o zagueiro Cléber. Era tão certa sua presença que o presidente palmeirense na época, Mustafá Contursi, vetou sua ida para a Rússia com o clube, mas no final ele acabou ficando de fora da convocação oficial.

DOMINGOS DA GUIA – 1934

Domingos da Guia – Jogador da Seleção Brasileira

Um dos maiores zagueiros da história do futebol nacional, Domingos da Guia ficou fora da convocação final por conta de uma exigência do clube uruguaio no qual jogava: o pagamento de um ‘seguro’ no valor de 45 contos de réis, um valor alto para a época. O ‘El Maestro Divino’, como era apelidado em Montevidéu, representou a seleção quatro anos depois, em 1938.

CARLOS ALBERTO TORRES – 1966

Carlos Alberto Torres – Jogador da Seleção Brasileira

O nosso saudoso Capita defendeu com garra e grandeza a camisa da Seleção Brasileira, mas em 1966, com 22 anos, ficou fora da convocação da Copa. Nesse ano o Brasil fez a sua pior participação em Copas do Mundo.

FALCÃO – 1978

Falcão – Jogador da Seleção Brasileira

Um dos casos mais comentados foi o do meio campista Falcão, que na época era de um dos melhores jogadores em atividade no país. Vivia uma grande fase, tendo conquistado dois brasileiros em sequência com o Internacional, mas isso não foi o suficiente para fazer parte da seleção que foi a Copa do Mundo de 1978. Dois atrasos para o treino e um desentendimento com o técnico Claudio Coutinho, anularam a participação do craque do colorado na Copa.

ALEX – 2002 e 2006

Alex de souza – Jogador da Seleção Brasileira

Alex, ídolo das torcidas do Coritiba, do Cruzeiro, do Fenerbahçe e do Palmeiras, ficou de fora da da Copa de 2002, mesmo tendo participado de grandes conquistas com o técnico Felipão no período que estiveram juntos no Palmeiras no fim da década de 90.

Após ficar de fora do mundial da Coréia e do Japão, brilhou em 2003 defendendo a camisa do Cruzeiro, conquistando a inédita tríplice coroa e sendo eleito o melhor jogador em atividade dentro do Brasil naquele ano. Em 2006 era novamente cotado para ir a Copa, chegou a ser camisa 10 e capitão da seleção brasileira que ganhou a Copa América em 2004, mas no momento decisivo não foi convocado por Carlos Alerto Parreira.

PS: Alex faz parte do time de craques da RetrôMania e você pode encontrar camisas do Cruzeiro e do Coritiba assinadas pelo meia em nossa loja virtual.

ZICO – 1974

Zico – Seleção Brasileira

O Galinho já era pedido na seleção desde o início de sua carreira. Em 1974, quando tinha apenas 21 anos, chegou a ser Bola de Ouro do campeonato brasileiro com a camisa do Flamengo, mas mesmo assim não conseguiu a convocação para a Copa do Mundo daquele ano.

LEÔNIDAS – 1950

Leônidas – Atacante da Seleção Brasileira

Leônidas, o inventor da bicicleta, nosso Diamante Negro, foi barrado da Copa de 1950 por conta da sua idade. Na época o atacante tinha 36 anos, mas ainda demonstrava um futebol de muita categoria. Posteriormente o treinador se mostrou arrependido por não ter dado a oportunidade para o craque.

RENATO GAÚCHO – 1986

Renato Gaúcho – Jogador da Seleção Brasileira

Essa deve ser a história mais famosa das exclusões da história das Copas do Mundo. O ponta-direita Renato Gaúcho ficou de fora da Copa de 86 por opção do técnico Telê Santana, que deixou de convocar o jogador por achar que ele levava uma vida boêmia demais.

ROMÁRIO – 2002

Romário – Jogador da Seleção Brasileira

O Brasil inteiro clamou por Romário na Copa de 2002. O Baixinho era presença contante nos jogos da seleção e despertava em todos recordações fantásticas da conquista do tetra. Ele chegou a chorar pedindo para ser convocado, mas isso não comoveu o coração do técnico Felipão. O treinador alega que o problema foi a indisciplina do jogador.

Compartilhe:

Deixe seu comentário!